Aguarde. Carregando informações.
MENU

Sexta-Feira, 15 de dezembro de 2017 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Polícia

PM negocia reintegração de posse de conjunto em Palmeira dos Índios

PM negocia reintegração de posse de conjunto em Palmeira dos Índios

(Imagem: Ascom PMAL)

O 10º Batalhão de Polícia Militar cumpre, desde o início da manhã desta sexta-feira (11), um mandado de reintegração de posse no Conjunto Brivaldo Medeiros, em Palmeira dos Índios. O local foi invadido por um grupo de famílias cadastradas no programa ‘Minha Casa Minha Vida’ antes mesmo das obras serem finalizadas.

Além de policiais militares da Unidade Operacional, sob o comando do tenente-coronel, Pantaleão Ferro, oficiais de justiça, do Ministério Público, representado pelo promotor Rogério Paranhos, o Conselho Tutelar, o SAMU, as secretarias municipais de Assistência Social, Saúde, Educação, Limpeza Urbana e Iluminação Pública, além do Corpo de Bombeiros, estão no local acompanhando a saída das famílias e prontos para atuarem, cada um em sua esfera, em um possível descumprimento a ordem judicial.

“A Polícia Militar está cumprindo a determinação e espera lograr êxito em mais uma missão. Esperamos a colaboração das famílias e que eles possam deixar o local de forma pacífica e sem nos causar transtornos”, disse o coordenador da operação e gestor do 10º BPM.

Conforme decisão do juiz de direito da Comarca do município, José Miranda Santos Júnior, as casas que não estejam sendo utilizadas como moradia, ou seja, cujos moradores pernoitem no local, devem ser imediatamente desocupadas. As residências foram invadidas em outubro de 2016.

Uma equipe do Centro de Gerenciamento de Crises, Direitos Humanos e Polícia Comunitária (CGCDHPC), comandada pelo tenente-coronel Antônio Casado, também participa da negociação, como um canal direto de comunicação, entre as famílias e os órgãos envolvidos.

*Redação Alagoas com Ascom PMAL 

Comentários