Aguarde. Carregando informações.
Alagoas

Maceió sedia Fórum de Finanças e insere Alagoas no cenário internacional da área

Governador em exercício, Luciano Barbosa, participou da solenidade de abertura e destacou a importância do evento para Alagoas

Maceió sedia Fórum de Finanças e insere Alagoas no cenário internacional da área

(Imagem: Thiago Sampaio)

O governador em exercício, Luciano Barbosa, participou, na manhã desta segunda-feira (18), da abertura do Fórum de Coordenação Intergovernamental de Orçamento e Finanças Públicas dos Países Ibero-Americanos. Em sua 7ª edição, o evento prossegue nesta terça (5), no Jatiúca Hotel & Resort, em Maceió.

Essa é a primeira que vez que o Nordeste sedia o Fórum de Coordenação Intergovernamental de Orçamento e Finanças Públicas dos Países Ibero-Americanos. O evento reúne lideranças em finanças da América Latina, Portugal e Espanha para trocar experiências, analisar casos de sucesso e debater temas relacionados às finanças públicas.

“Falar sobre ajuste fiscal, contas públicas; do orçamento público, sua distribuição, seus investimentos, o que é prioridade. Tudo isso é uma tarefa dos senhores, mas também é uma tarefa nossa: daqueles que fazem a política e que precisam saber se debruçar, ouvir e tomar as melhores decisões. Então, nós temos que apoiar resolutamente seminários como esse”, afirmou Luciano Barbosa, durante seu discurso na solenidade de abertura.

Maceió é a segunda capital no Brasil a receber o Fórum – a primeira foi São Paulo (SP). O encontro acontece desde 2011, quando foi realizado, pela primeira vez, em Buenos Aires, na Argentina. Em Alagoas, o evento é promovido pelas Secretarias de Estado da Fazenda (Sefaz) e de Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), além do Grupo de Gestores das Finanças Estaduais (Gefin).

O Fórum é considerado um importante instrumento para o avanço no conhecimento sobre gestão financeira e a integração dos países ibero-americanos. Para o secretário de Estado da Fazenda, George Santoro, a realização desta 7ª edição em Maceió coloca Alagoas no contexto nacional e internacional das finanças públicas.

“É um momento oportuno para debatermos temas importantes sobre finanças públicas, de orçamento, de contabilidade, então procuramos montar um programa abrangente e que consiga trazer essas experiências exitosas de outros países aqui para Alagoas e para o Brasil”, comentou Santoro.

O Fórum reúne, em Maceió, mais de 200 gestores financeiros, secretários de Finanças e de Planejamento, entre outros profissionais de organizações nacionais e internacionais. A programação inclui sete painéis, com 40 palestrantes, entre eles, grandes nomes do cenário econômico e financeiro mundial.

“Esse é um momento muito oportuno. O governo federal acabou de mandar um conjunto de medidas legislativas que trata de mudanças de marcos legais das finanças públicas, objeto deste Fórum”, acrescentou Santoro.

Além dele, participaram da solenidade de abertura o secretário do Gabinete Civil, Fábio Farias; a secretária especial do Tesouro Estadual, Renata Santos; o presidente do Foro Ibero-Americano de Coordenação Orçamentária e Fiscal Intergovernamental, Eduardo Bacci; a subsecretária de Relações Financeiras Intergovernamentais da Secretaria do Tesouro Nacional, Priscilla Santana; a presidente do Gefin, Célia Carvalho; e o diretor da Comissão Econômica para a América Latina e Caribe (Cepal) no Brasil, Carlos Mussi.

A programação completa está disponível no site www.forumiberoamericano.com.

*Redação Alagoas Alerta com Agência Alagoas