Aguarde. Carregando informações.
MENU

Sexta-Feira, 19 de janeiro de 2018 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Esportes

Após episódios em São Januário, Julio Brant faz registro de ocorrência à polícia

Candidato à presidência do Vasco revela que caso está sendo averiguado pela Delegacia de Repressão contra Crimes de Informática. Brant ainda acusa diretoria de elos "anti-éticos" com empresários

Após episódios em São Januário, Julio Brant faz registro de ocorrência à polícia

(Imagem: Divulgação)

A pós os episódios ocorridos em São Januário na noite da última quinta-feira, o Vasco cancelou a entrevista coletiva do técnico Zé Ricardo, então marcada para meio-dia desta sexta. Por outro lado, foi Julio Brant quem divulgou que falaria com a imprensa. O candidato à presidência do Vasco fez um Registro de Ocorrência na Delegacia de Repressão contra Crimes de Informática.

- Hoje de manhã fizemos um RO. A Delegacia de Repressão contra Crimes de Informática está em São Januário para fazer as averiguações necessárias. Estamos apurando e todos serão responsabilizados pelo o que está acontecendo em São Januário - disse.

 
Julio Brant, coletiva (Foto: reprodução/vídeo)

Julio Brant, coletiva (Foto: reprodução/vídeo)

Além disso, Brant acusou a atual diretoria de estar fazendo elos "anti-éticos" com empresários, em negociações com jogadores oriundos das divisões de base do clube.

- Estamos vendo venda de jogadores. Empresários estão sendo chamados para aumentar o salário dos jogadores da base por valores fora de mercado. Mostra o quão maldosa é a intenção. A preocupação não é pelo Vasco. Mas vamos trabalhar para reverter isso. Qualquer negociação vil, claramente prejudicial, será revertida. Fica um aviso aos empresários. É antiético fazer negociação desse tipo em um momento como esse. Me surpreende que grandes empresas negociem com o clube.

Nesta quinta à tarde, o clube teve a energia cortada pela Light por deficiência técnica. Funcionários foram liberados em seguida. Ao longo do dia, o GloboEsporte.com apurou que houve um "feirão" no almoxarifado. Funcionários ganharam shorts, camisas e meiões, com uma uma venda informal para pessoas de fora.

Outros funcionários retiraram objetos pessoais que utilizavam nas dependências de São Januário. Houve ainda boatos sobre evasão de computadores e equipamentos do Caprres, mas isso não foi confirmado pelo GloboEsporte.com. Muitas das máquinas do centro de saúde foram transferidas para o CT de Vargem Grande, onde o elenco faz pré-temporada.

 

O mandato de Eurico Miranda se encerra na próxima terça-feira, dia 16 de janeiro. No atual cenário jurídico, a vitória na eleição é da chapa "Sempre Vasco Livre", favorita para eleger Julio Brant como presidente na reunião do Conselho Deliberativo, prevista para acontecer até o dia 22.

Polícia em São Januário

Além da Delegacia de Repressão contra Crimes de Informática, a Polícia Militar também está presente em São Januário para averiguar os episódios ocorridos nesta quinta-feira.

 
Polícia Militar em São Januário (Foto: Clayton Conservani)

Polícia Militar em São Januário (Foto: Clayton Conservani)

*Globo Esporte 

Comentários